domingo, 20 de junho de 2021
(11) 9 6352.8336
Esportes

01/05/2021 às 11h45 - atualizada em 05/05/2021 às 10h31

85

Redação

Cotia / SP

Diego Maradona morreu ‘abandonado à própria sorte’, diz relatório médico
Conforme o documento, craque argentino teve um ‘tratamento inadequado e imprudente’
Diego Maradona morreu ‘abandonado à própria sorte’, diz relatório médico
Foto: Divulgação/Reprodução Facebook

Um relatório elaborado pela junta médica que investiga as causas da morte do ex-jogador Diego Maradona apontou que ele morreu “abandonado à própria sorte” e teve um “tratamento inadequado, deficiente e imprudente”.


Segundo o documento de 70 páginas, o craque argentino teria sofrido um “prolongado período de agonia” e “começou a morrer pelo menos 12 horas antes” do momento em que foi encontrado sem vida, em 25 de novembro do ano passado.


“Levando em conta o quadro clínico-psiquiátrico e o mau estado geral, ele deveria ter continuado a sua reabilitação e tratamento interdisciplinar em uma instituição adequada”, apontou o relatório. De acordo com os médicos, se ele tivesse sido levado a um centro de saúde “teria mais chance de sobrevivência”.


A comissão interdisciplinar formada por 20 peritos foi convocada pela Procuradoria-Geral de San Isidro, na periferia de Buenos Aires, para investigar se a morte de Maradona foi causada por abandono de pessoa ou homicídio culposo. 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados